Palestras 4 de Maio

Sábado, 4 de maio

10h Joalheria autoral e posicionamento de mercado.
Claudia Dayé

Publicitária pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e pós-graduada em Design Gráfico pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Claudia Dayé também é fotógrafa, formada pelo Senac. Diretora da agência Lápis de Ponta, há mais de 25 anos atua no desenvolvimento de projetos de comunicação e marketing, pesquisado, durante este período, temas de relevância ligados à publicidade, marcas, identidade e cultura, moda e marketing. Desde 2011, dedica-se à documentação da joalheira nacional, coordenando o projeto “Joalheria no Brasil”, pelo qual publicou em 2017 o livro de mesmo título, onde é autora e organizadora. Palestrante de história da joalheria, é também curadora do programa “Joia Brasileira”,  série de encontros realizada pela Unibes Cultural, em São Paulo.

Mesa Redonda.

Arte ou produto? Artista ou profissional? Como o joalheiro autoral se posiciona no mercado? Uma conversa sobre as experiências e expectativas de cada um do grupo, derpertando para o conhecimento de sua identidade como joalheiro.

11h Branding aplicado ao desenvolvimento de coleção
Biane
Biane Motta

Formada em Design de Produto no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo onde também cursou Formação de Professores em Artes, Pós- Graduada em Direção de Criação em Moda pela Fundação Armando Álvares Penteado e MBA em Gestão Empresarial na FGV. Cursou Design de Joias no Instituto de Moda Burgo Milão na Itália, além de diversos cursos de técnicas de joalheria, gemologia e design. Biane Motta participou de várias exposições nacionais e internacionais, como o Carroussel do Louvre em 2018 na qual foi premiada como destaque.   Criou coleções para grandes estilistas, algumas apresentadas na SPFW.  Sócia da Espaço Mix, Biane atua na coordenação de Design de Joias, Programa de Formação e é responsável pelo branding e marketing da empresa.

A palestra irá mostrar os alicerces de uma criação voltada à construção de identidade. O desenvolvimento de coleção vai além das formas, materiais e temas. Transita por conceitos, processos, comunicação, entre vários outros pontos relevantes. Uma negociação constante entre o tangível e o intangível.

12h Desenhar é só começar
Silvia Machado

Vivência de  como gabaritos facilitadores do desenho otimizam tempo para registro de ideias e criações.

 

 

 

 

Designer e autora de joias ministra cursos de desenho de joias entre outros temas da joalheria, buscando constantemente novas informações e aprendizados dentro e fora do país. Atuando também no desenvolvimento de coleções para empresas do ramo joalheiro, material informativo, peças exclusivas, além de criar para marca própria e desenvolver gabaritos exclusivos que facilitam o desenho e que atendem diferentes áreas, sem limitar criatividade.

15h Demonstração da técnica de forja
Ricardo Pompilio

Logo nos primeiros anos de sua trajetória, brasileiro paulistano, 52 anos, o autor de joia Ricardo Pompilio, busca maneiras de fazer uma joia sem a utilização da técnica de solda. Nessa busca depara-se com a Forja a Frio de Achatamento e passa a ser um profundo pesquisador da técnica. Troca a solda e o maçarico pelo martelo e a bigorna, conformando o metal, ao invés de soldar fragmentos como na ourivesaria tradicional. Desenvolve maneiras sublimes de cravar os cristais, que parecem flutuar em meio aos volumes de metal que vão se curvando e se contrapondo. Atualmente leciona técnicas diversas de metalurgia manual além de produzir seus trabalhos em seu ateliê na cidade de Cunha, São Paulo.

16:30h Autenticidade e estilo: quando o exterior reflete o interior
Caroline Derschner

Quem nunca revirou o armário em busca de algo que traduzisse a maneira como se sentia no momento ou mesmo uma determinada imagem pessoal? Diante de tantos “códigos” de vestimenta disponíveis, como seria possível fazer escolhas mais alinhadas ao nosso senso de autenticidade?Nesta palestra, vamos conversar sobre como nossas escolhas de vida podem se refletir naquilo que vestimos, usamos ou escolhemos como “padrão” de beleza a ser seguido. Além de um interessante exercício de autoconhecimento, a busca pelo estilo próprio também pode ser uma oportunidade para o desenvolvimento da expressão pessoal.

Formada em Comunicação, Caroline Derschner pesquisa e escreve há mais de 10 anos sobre autoconhecimento e espiritualidade. Participa de palestras e eventos online e é autora e

colaboradora de sites diversos, dentre eles o blog Lar Interior – Casa & Alma

( www.larinterior.com )